Quem quer realizar seus sonhos e desfrutar de uma vida tranquila precisa colocar o controle financeiro em primeiro lugar. Por mais complicado que pareça, saiba que manter suas finanças pessoais é possível com uma atitude simples.   Em breve, você verá dicas que tornarão suas tarefas do dia a dia mais práticas e agradáveis. Também apresentaremos as melhores estratégias para gerenciar seu dinheiro. Você vai aprender:

Confira as dicas:

Conheça suas receitas e despesas

Conhecer suas receitas, despesas e dívidas é o primeiro passo para organizar suas finanças. Afinal, é a maneira mais rápida de descobrir a causa de sua dívida e pesquisar sobre estrangulamento e economia.   Por isso, é importante que você faça sua análise e anote tudo o que recebe e todas as despesas que tem ao longo do mês – fixas e variáveis.   Lembre-se que além dos benefícios que já mencionamos, essa prática pode te ajudar a identificar e entender melhor o percentual que você pode economizar a cada mês.

Defina suas metas financeiras

Ter um objetivo é a chave para tirar boas notas. Quando você pode definir claramente metas de curto, médio e longo prazo, fica muito mais fácil desenvolver uma estratégia para atingir essas metas. Então, organize suas finanças pessoais, estabeleça metas e aprenda a trabalhar com elas.   Por exemplo, você pode definir que deseja economizar para aposentadoria. A partir daí, você pode determinar que começará a economizar 10% de sua renda todos os meses e aumentará sua meta para 15% em 6 meses e 20% em um ano. Com essa definição em vigor, tudo o que você precisa fazer é se organizar e disciplinar para não se desviar do plano.

Monitorar gastos

A maioria das pessoas acha difícil monitorar seus gastos. Na verdade, encontrar alguém que tenha o hábito de anotar todas as suas despesas no papel não é uma tarefa fácil.   A boa notícia é que a tecnologia tem contribuído muito para essa mudança de hábito. Atualmente, existem aplicativos móveis, planilhas para cálculo de despesas de computador e, claro, notebooks – para aplicativos mais tradicionais.   Independentemente disso, seja qual for o método que você escolher, tenha cuidado para monitorar quanto e o que você gasta nele. Essa simples atitude pode revolucionar sua rotina e te ajudar a economizar ainda mais.

Fazer um fundo de emergência

Eventos imprevistos ocorrem. A questão é que precisamos estar preparados financeiramente para esses eventos inesperados, como doença, desemprego ou o nascimento de um filho não planejado.     Ter um fundo de emergência é uma estratégia interessante que pode te ajudar a navegar por essas situações de forma mais tranquila e evitar dívidas. Então planeje e coloque essa ideia em prática o quanto antes.

Disciplinado e persistente

Quando consideramos o que leva uma pessoa a se endividar e não conseguir manter uma vida financeira saudável, a falta de disciplina e perseverança sempre vêm ao topo da lista.

LINKS PARA DOWNLOAD ABAIXO




Então, vamos enfatizar isso: cuidar das suas finanças deve fazer parte do seu dia a dia. Crie bons hábitos todos os dias e os resultados aparecerão em pouco tempo. Em outras palavras, as organizações financeiras só podem progredir de forma gradual e constante.

Controle o uso do cartão de crédito

O cartão de crédito é o aliado do consumidor atual, mas em muitos casos, se não for usado com cuidado, pode ser o vilão do orçamento doméstico. O crédito fácil e rápido pode esconder muitas armadilhas e prejudicar todos os seus objetivos financeiros, pois está associado a uma das maiores taxas de juros do mercado.   Então, o ideal é que, se você tiver um cartão de crédito, use-o de forma mais consciente e use-o apenas quando necessário. Outro lembrete importante: não se esqueça de avaliar o custo da sua fatura mensal, não apenas o valor de cada parcela.

Economize e invista

Quando uma pessoa consegue organizar suas finanças pessoais e controlar bem suas despesas, acaba economizando mais dinheiro. Mas para multiplicar esses valores, é importante saber o que fazer com suas economias.   Pode ser uma boa ideia fazer investimentos que tenham bons retornos a curto, médio ou longo prazo. Afinal, isso pode contribuir muito para ter uma vida financeira mais estável e promissora.   No entanto, é preciso ressaltar que o investimento precisa ser realizado de forma segura e planejada. Nesse caso, contar com o apoio de um bom corretor da bolsa pode fazer uma grande diferença e pode te ajudar a evitar erros.  

Curso de Finanças Pessoais: Aprenda a Organizar Muitas pessoas entendem a importância da educação financeira, mas lutam para se manter organizadas financeiramente ou têm dúvidas sobre como colocar essa ideia em prática.   Se você faz parte desse grupo, já pensou em fazer um curso de finanças pessoais?   Curiosamente, em muitos casos, esse conhecimento pode ser obtido sem sair de casa e sem nenhum custo. Existem cursos online totalmente gratuitos como o Senai com módulos interessantes como: Isso facilita a elaboração de uma estratégia financeira eficaz, pois você pode combinar controle financeiro com investimentos sólidos.   Da mesma forma, você estará um passo mais perto de alcançar a tão sonhada independência financeira. Isso porque, ao organizar suas finanças pessoais e usar seu dinheiro de forma mais lucrativa e segura, você consegue atingir seus objetivos com mais facilidade.